Calçadas: nossa Faixa de Gaza

Por Du Leal           

du-leal-foto-jomar-braganca
Du Leal, arquiteta e urbanista

Sei de muita gente que desconhece que a construção e conservação das calçadas são de responsabilidade dos proprietários dos imóveis. Estou falando aqui de engenheiros, médicos, desembargadores. Ignoram, inclusive, que há uma responsabilidade legal, no caso de alguém fraturar o pé em um buraco ou um degrau, sob pena até de ser processado. Mas, como o pedestre que se acidentou também não sabe disso, nada acontece.

A gente não se vê no espaço social. Do portão para fora não temos nenhuma obrigação. Achamos que tudo o que vai além da casa da gente é só do poder público: a calçada, o lixo, a iluminação da rua, o calçamento. E a calçada, especialmente, é uma Faixa de Gaza. Está bem na fronteira entre o público e o privado. Deveríamos cuidar dela como se fosse a extensão de nossa casa.  Mas não temos, coletivamente, essa visão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *